Johann Moritz Rugendas, gravura de 1820, Centro de Documentação D. João VI, Fundação Biblioteca Nacional.
Johann Moritz Rugendas, gravura de 1820, Centro de Documentação D. João VI, Fundação Biblioteca Nacional.

Projetos Coordenados

  • COMMEMORtis – O que sobrevive depois da morte? Comunidades paroquiais e estratégias de comemoração dos mortos na cidade medieval, EXPL/HAR-HIS/0532/2021

    Investigadores responsáveis: Maria Amélia Álvaro de Campos (IR) e Ana Isabel Sampaio Ribeiro (co-IR)

    Duração: 2021-2022

    Fonte financiamento: FCT – Projetos IC&DT em todos os domínios científicos:
    EXPL 2021 History and Archaeology Evaluation Panel – 2021 

    Financiamento: €48.850.

    É possível reconstituir as comunidades paroquiais de uma cidade, a partir da análise informática dos obituários, dos testamentos e das doações post mortem que beneficiavam as suas igrejas? Nesta questão, articulamos um tema clássico da historiografia medieval europeia – o estudo da Morte e da Economia da Salvação – com uma metodologia atual e inovadora, vocacionada para o estudo social e prosopográfico em História e Micro-história – o software Timelink, um sistema de informação para processar dados de pessoas, recolhidos a partir de fontes históricas. Nos 18 meses do projeto, submeteremos duas das nove paróquias medievais de Coimbra à análise deste software, enquanto se desenvolverão ações de formação, colóquios e debates científicos com vista a um enquadramento deste caso, no contexto da rede paroquial de outras cidades portuguesas e europeias. O projeto assenta o seu plano e metodologias na interdisciplinaridade intrínseca às Humanidades Digitais (Thaller 2012; Granjon 2016), que aqui se verte em dois planos: a construção de uma infraestrutura para a análise de dados; e a divulgação digital dos resultados num website de domínio público e em artigos científicos.

    Sítio oficial: Em construção

  • IMAGINÁRIA: Valorização e Proteção Participativa do Património Escultórico do Paço das Escolas da Universidade de Coimbra, PCSi_663

    Investigador responsável: Sandra Costa Saldanha

    Membros do CHSC que integram a  equipa: Luísa Trindade, Joana Antunes, Diogo Lemos, Inês Pina e Mariana Gaspar

    Duração: 2021-2022

    Fonte financiamento: Projetos Semente de Investigação Científica Interdisciplinar”, na Área Estratégica da UC “Património, Cultura e Sociedade Inclusiva”, com o apoio Santander Universidades

    Financiamento: €20.000.

    O projeto está focado no estudo interdisciplinar do património escultórico do Paço das Escolas da Universidade de Coimbra, e pretende, a partir da exploração de eixos temáticos identitários, fortalecer competências de pensamento crítico, aplicar práticas sustentáveis de conservação, testar novos modelos de interação com as comunidades e fomentar o papel das artes como instumentos de fruição e mediação patrimonial.

    Sítio oficial: Em construção

  • ReligionAJE – Religião, administração e justiça eclesiástica no Império Português (1514-1750), PTDC/HAR-HIS/28719/2017
    ReligionAJE - Religião, administração e justiça eclesiástica no Império Português (1514-1750) PTDC/HAR-HIS/28719/2017
    ReligionAJE - Religião, administração e justiça eclesiástica no Império Português (1514-1750) PTDC/HAR-HIS/28719/2017

    Investigadores responsáveis: José Pedro Paiva (IR) e Jaime Ricardo Gouveia (Co-IR)

    Duração: 2018-2021

    Fonte financiamento: FCT/Projetos de IC&DT em todos os Domínios Científicos

    Financiamento: €239.793.

    O objetivo do projeto é averiguar como é que o episcopado, a sua rede de agentes e as suas estruturas administrativas e de justiça se configuraram, atuaram e contribuíram para a difusão e conformação do cristianismo no império ultramarino português.

    Sítio oficial: https://www.uc.pt/fluc/religionAJE

    Projetos em parceria

    A disponibilizar oportunamente

    Projetos individuais

    A disponibilizar oportunamente