CONTACTOS

Prémios e Distinções

 

 

PRÉMIO PROF. DOUTOR JOAQUIM VERÍSSIMO SERRÃO 2017

Atribuído pela Academia Portuguesa da História à obra Forais de Leiria (Leiria: ed. Textiverso, 2017, 495 pgs.), coordenada cientificamente pelo Prof. Doutor Saul Gomes,Investigador Integrado do CHSC.

 

 

PRÉMIO FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN, HISTÓRIA DA EUROPA 2017

Atribuído pela Academia Portuguesa de História à obra História Militar de Portugal (Lisboa, Esfera dos Livros, 2017, 710 pgs.), coordenada cientificamente pelo Prof. Doutor Nuno Severiano Teixeira e da autoria de Francisco Contente Domingues e de João Gouveia Monteiro, Investigador Integrado do CHSC.

 

 

TÍTULO DE PROFESSORA HONORÁRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

A Professora Doutora Maria José Azevedo Santos foi agraciada, em Maio de 2017, com o título de Professora Honorária pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro “em virtude de sua profícua atividade acadêmica e científica, bem como do seu amplo conhecimento nas áreas de Paleografia e Diplomática”. Passou igualmente a integrar, na qualidade de Membro Correspondente, a Câmara Técnica de Paleografia e Diplomática do Conselho Nacional de Arquivos, do Brasil. 

 

 

TROFÉU AFONSO LOPES VIEIRA – REGIÃO DE LEIRIA 2016 – PRÉMIO PERSONALIDADE

Atribuído pelo semanário Região de Leiria, em 17 de Junho de 2016, ao Prof. Doutor Saul Gomes. Este Troféu distingue leirienses que se destacam pelo seu trabalho em prol da comunidade e na promoção da região, tanto no país como no mundo. Foi entregue no decorrer da XVII Gala Troféus Afonso Lopes Vieira, no Teatro José Lúcio da Silva.

 

 

PRÉMIO LUSITANIA 2016

Instituído pela Academia Portuguesa de História, foi atribuído à obra História da Diocese de Viseu (3 vols., Viseu, Diocese de Viseu e Imprensa da Universidade, 2016), coordenada cientificamente pelo Prof. Doutor José Pedro de Matos Paiva.

 

 

PRÉMIO FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN, HISTÓRIA DA EUROPA

Instituído pela Academia Portuguesa de História, foi atribuído ao livro San Giuseppe da Copertino: dall´estrema Puglia al Portogallo (Secc. XVII-XIX) (Coimbra, Edizioni Grifo / CHSC, Lecce, 2016), da Doutora Paola Nestola.

 

 

PRÉMIO APOM 2016 NA CATEGORIA DE MELHOR ESTUDO SOBRE MUSEOLOGIA

Instituído pela Associação Portuguesa de Museologia, o Prémio APOM 2016, na categoria de melhor estudo em Museologia, foi atribuído à tese de doutoramento de Duarte Manuel Roque de Freitas, Memorial de um complexo arquitectónico enquanto espaço museológico: Museu Machado de Castro (1911-1965), 2 vols (FLUC, 2015) (prémio ex-aequo).

A entrega dos prémios realizou-se no dia 3 de Junho de 2016, no Museu do Dinheiro, em Lisboa.

 

 

PRÉMIO VICTOR DE SÁ DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA 2015 (UNIVERSIDADE DO MINHO)

Instituído há 22 anos pelo Doutor Victor Sá, destina-se a premiar trabalhos de investigação sobre História Contemporânea de Portugal. Foi atribuído à obra Memorial de um complexo arquitectónico enquanto espaço museológico: Museu Machado de Castro (1911-1965), 2 vols (FLUC, 2015), de Duarte Manuel Roque de Freitas, Colaborador do CHSC. Esta obra constitui a tese de doutoramento do autor, defendida na Universidade de Coimbra e orientada pelas Doutoras Irene Vaquinhas e Regina Anacleto.

 

 

PRÉMIO HISTÓRIA DA EUROPA FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN 2015

Instituído pela Academia Portuguesa de História e atribuído ao livro Guerra e Poder na Europa Medieval. Das Cruzadas à Guerra dos 100 Anos (Coimbra, Imprensa da Universidade de Coimbra 2015), obra coordenada pelo Prof. Doutor João Gouveia Monteiro e com a colaboração dos Doutores Miguel Gomes Martins e Paulo Jorge Agostinho.

 

 

PRÉMIO PROFESSOR DOUTOR JOAQUIM VERÍSSIMO SERRÃO 2015

Instituído pela Academia Portuguesa de HIstória e atribuído ao livro As regras da regra. Santa Clara. Códice do século XVI (Coimbra, Imprensa da Universidade de Coimbra 2015), da Prof. Doutora Maria José Azevedo Santos.

 

 

PRÉMIO FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN, HISTÓRIA MODERNA E CONTEMPORÂNEA DE PORTUGAL 2015

Instituído pela Academia Portuguesa de HIstória e atribuído ao livro A Quarta Porta do Inferno. A vigilância e disciplinamento da luxúria clerical no espaço luso-americano, 1640-1750 (Lisboa, Chiado Editora, 2015). Este livro reproduz, no essencial, a tese de doutoramento do autor defendida no Instituto Universitário Europeu de Florença e orientada pelos Profs. Doutores Bartolomé Yun Casalilla e José Pedro Paiva.

 

 

PRÉMIO LUSITANIA HISTÓRIA

Instituído pela Academia Portuguesa da História e atribuído aos Professores Doutores José Pedro Paiva e Giuseppe Marcocci pela obra História da Inquisição Portuguesa (1536-1821), em 4 de Dezembro de 2014.

 

 

MEDALHA DE MÉRITO DO CONCELHO DE PENELA

Atribuída pela Câmara Municipal de Penela à Professora Doutora Maria Margarida Sobral da Silva Neto. Esta condecoração distinguiu a “elevada competência e assinalável dedicação e empenhamento com que tem desempenhado as suas funções de coordenadora do Centro de Estudos de História Local e Regional Salvador Dias Arnaut”, e foi entregue no decorrer das cerimónias do dia do município, no dia 29 de Setembro de 2014, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Penela.

 

 

PRÉMIO VICENTE FERRER – “CARREIRA”

Atribuído pela Câmara Municipal da Lousã à Doutora Maria do Rosário Castiço Campos. Este Prémio distinguiu o percurso académico da Docente da ESEC e foi entregue no decorrer da Gala de Prémios “Lausus” realizada no Cine-Teatro da Lousã, no dia 24 de Junho de 2014, dia do Município. Os prémios “Lausus” homenageiam o mérito de personalidades, empresas e entidades do concelho e, neste caso, a actividade científica e de investigação que tem desenvolvido no seu percurso profissional.

 

 

PRÉMIO ANIMARTE NA CATEGORIA INVESTIGAÇÃO

Atribuído ao Doutor Jaime Gouveia pelo GICAV (Grupo de Intervenção e Criação Artística de Viseu), que se dedica à promoção cultural do distrito de Viseu e premeia anualmente personalidades do distrito que se tenham distinguido nas mais variadas áreas culturais. O prémio foi entregue no dia 21 de Junho de 2014, na Aula Magna do Instituto Politécnico de Viseu.

 

 

PRÉMIO 3º MARQUÊS DE SÃO PAYO

Instituído pela Academia Portuguesa da História e atribuído à Professora Doutora Maria Helena da Cruz Coelho pela obra O Município de Coimbra – Monumentos Fundacionais, em 18 de Novembro de 2013.