CONTACTOS

EVENTOS

Mosteiros cistercienses femininos: poder político e santidade da aristocracia cristã (Leão, séc. XII-XIII)

COLÓQUIO DE HISTÓRIA, ARTE, ARQUEOLOGIA, GEOGRAFIA E ETNOGRAFIA

3E-card-13-02-PT

COLÓQUIO DE HISTÓRIA, ARTE, ARQUEOLOGIA,

GEOGRAFIA E ETNOGRAFIA

 

VERGÍLIO CORREIA IN MEMORIAM

 

IV JORNADAS DE VALORIZAÇÃO DO PATRIMÓNIO CULTURAL E NATURAL DE CONDEIXA-A-NOVA – PARTICIPAÇÃO LIVRE

 

CENTRO DE ESTUDOS VERGÍLIO CORREIA / CONDEIXA-A-NOVA

13 de Fevereiro de 2016 – Sábado. Manhã: 9h00 às 13h10 – Tarde: 14h30 às 19h10

POUSADA DE CONDEIXA – COIMBRA

Rua Francisco de Lemos, 3-5, 3150-142 Condeixa-a-Nova. 239944025

 

 

PROGRAMA

ABERTURA

 

1ª Sessão – Itinerário de Vergílio Correia expresso no seu arquivo de fotografias em chapa

de vidro. Exposição Temporária

 

9h00 – Saudação. Nuno Moita da Costa, Município de Condeixa-a-Nova – Centro de Estudos

Vergílio Correia; João Filipe Leal, Assembleia Municipal de Condeixa-a-Nova; José Baldaia,

Miguel Pessoa, Associação Ecomuseu de Condeixa – Centro de Estudos Vergílio Correia;

Natividade Correia, Família de Vergílio Correia; Sofia Fezas Vital, Pousada de Condeixa –

Coimbra

 

 

O HOMEM, A ARTE E A NATUREZA

 

2ª Sessão – Moderador: José António Bandeirinha – Departamento de Arquitectura –

Faculdade de Ciências e Tecnologia – Universidade de Coimbra

 

9h20 – Vergílio Correia (1888-1944) perfil de um eminente historiador de arte,

arqueólogo, etnólogo, professor universitário e homem de cultura integral. Alocução inicial

de Vítor Serrão – Instituto de História da Arte – Faculdade de Letras – Universidade de Lisboa

 

9h40 – Projectos de Urbanização e Integração Paisagística. O Modus operandi em

Conímbriga na década de 1980. Francisco Manuel Caldeira Cabral – Lisboa – Macau

 

 

A TERRA E O HOMEM

 

3ª Sessão – Moderador: Fernando Pita – Departamento de Ciências da Terra – Universidade de

Coimbra

 

10h00 – Arqueologia da Paisagem no pendor norte das serras calcárias de Sicó

Pedro Bingre do Amaral – Escola Superior Agrária de Coimbra

 

10h20 – Reserva Natural e riqueza ambiental do Paul de Arzila

Luís Leitão (Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas)

 

 

A TERRA E O HOMEM

 

4ª Sessão – Moderador: Rui Jacinto – Departamento de Geografia – Faculdade de Letras –

Universidade de Coimbra

 

10h40 – Moinhos, azenhas e lagares no Território do Município de Condeixa-a-Nova. As

nascentes calcárias e a plataforma dos tufos de Condeixa. Lídia Catarino – Departamento de

Ciências da Terra – Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra

 

11h00 – O Projecto da Escola da Água, em Arrifana

Pedro Morais, Jael Palhas, Sandra Ribeiro, Nádia Jordão – Projeto da Escola da Água – Junta de

Freguesia da Ega

 

11h20 – Discussão e pausa para café

 

 

O HOMEM E O EXTRAORDINÁRIO

 

5ª Sessão – Moderador: Pe Amílcar das Neves – Ega. Unidade Pastoral de Conímbriga

 

11h30 – A Gruta do Medronhal (Arrifana, Ega, Condeixa-a-Nova) e a Arqueologia.

Raquel Vilaça – Instituto de Arqueologia – Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências

do Património – Faculdade de Letras – Universidade de Coimbra

 

11h50 – O Tríptico da Nossa Senhora da Graça da Igreja Manuelina da Ega, na obra de

Diogo Contreiras (1537-1543). Vítor Serrão – Instituto de História da Arte – Faculdade de

Letras – Universidade de Lisboa

 

 

O HOMEM E O EXTRAORDINÁRIO

 

6ª Sessão – Moderador: Vítor Serrão – Instituto de História da Arte – Faculdade de Letras da

Universidade de Lisboa

 

12h10 – Património Histórico e Artístico da Unidade Pastoral de Conímbriga. Pe Idalino

Simões – Unidade Pastoral de Conímbriga

 

12h30 – A talha barroca da Igreja de Vila Seca e os trabalhos de conservação ali realizados

em 2002-2006. Pe Rolando Simões – Vila Seca. Unidade Pastoral de Conímbriga

 

 

CANTO E INSTRUMENTAL DE COIMBRA – LEMBRAR VERGÍLIO CORREIA E

LUIS GÓIS

 

7ª Sessão – Moderador: Paulo Moniz – Instituto de História da Arte – Faculdade de Letras da

Universidade de Lisboa

 

12h50 – Lembrar Luís Góis, amigo de Vergílio Correia. Canto e Instrumental de Coimbra.

Grupo “Porta Férrea” e convidados

Canto – Carlos Carranca, João Caldas, João Maio, João Tomé; Guitarras – Teotónio Xavier,

Fernandes Marques Inácio, João Reis; Violas – António Toscano, Soares da Costa (Porta Férrea

– Liber Amicorum – Lisboa – Canção e Instrumental de Coimbra)

 

13h10 – 14h30 – Discussão e pausa para almoço livre

 

 

A MÚSICA, O HOMEM E A SOCIEDADE

 

8ª Sessão – Moderador: João Lameiro – Junta de Freguesia de Anobra

 

14h30 – Gaiteiros de Condeixa, hoje. Origens, influências. Reportório e instrumentos da

Família Melo, do lugar da Barreira. António Freire – Grupo de Estudo da Gaita de Foles e dos

Gaiteiros da Região Centro. Nelson Moita – Grupo de Gaiteiros de Condeixa-a-Velha

 

14h50 – A representação de instrumentos musicais de época quinhentista na escultura

religiosa de Alcabideque (cítara), Condeixa-a-Velha (timbalão) e Anobra (chifre). Seu

contexto na música da Renascença. Paulo Moniz – Conservatório de Música de Coimbra

 

 

A MÚSICA, O HOMEM E A SOCIEDADE

 

9ª Sessão – Moderador: Luís Miguel Caridade – Junta de Freguesia da Ega

 

15h10 – Os Sinos de Condeixa-a-Velha e a indústria sineira em Portugal. Maria Adelaide

Furtado – Al-Baiaz, Associação de Defesa do Património

 

15h30 – O órgão de tubos setecentista da Igreja da Ega e a possível identificação do seu

construtor. António Simões – Oficina de Construção Órgãos de Tubos

 

15h50 – Discussão e pausa para café

 

 

TEMPOS DE MUDANÇA – PATRIMÓNIO QUINHENTISTA

 

10ª Sessão – Moderador: Paulo Simões – União das Freguesias de Condeixa-a-Velha e

Condeixa-a-Nova

 

16h00 – O Foral manuelino de Condeixa: constituição e reconstituição. Maria Helena da

Cruz Coelho – Centro de História da Sociedade e da Cultura – Faculdade de Letras da

Universidade de Coimbra

 

16h20 – O Foral da Ega de 1514. Margarida Sobral Neto – Centro de História da Sociedade e

da Cultura – Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

 

 

TEMPOS DE MUDANÇA – PATRIMÓNIO QUINHENTISTA

 

11ª Sessão – Moderador: Raul Pratas – Junta de Freguesia de Sebal e Belide

 

16h50 – Património Quinhentista de Anobra. João Pinho – Investigador de História Local

e Regional e Empreendedor Cultural.

 

17h10 – O Paço acastelado da Comenda da Ordem de Cristo, na Ega – Condeixa-a-Nova.

Seu contexto na arquitetura quinhentista. Francisco Sousa Lobo – Associação Portuguesa

dos Amigos dos Castelos – Lisboa

 

17h30 – A Simbologia do Poder no triângulo manuelino de Belém (Património Mundial da

Unesco desde Dezembro de 1983). Isabel Cruz Almeida – Mosteiro dos Jerónimos

 

17h50 – Discussão e pausa para café

 

 

TEMPOS DE MUDANÇA – SÉCULO XIX / XX / XXI

 

12ª Sessão – Moderadora: Irene Vaquinhas – Centro de História da Sociedade e da Cultura –

Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

 

18h00 – O Incêndio de Condeixa a 13 de Fevereiro de 1811 pelo exército napoleónico

durante a Terceira invasão. Luís Albuquerque Sodré – Museu Militar de Lisboa

 

18h20 – A Literatura, a pintura e o teatro em Fernando Namora, Manuel Filipe e Deniz –

Jacinto. Originalidades e influências. António Pedro Pita – Centro de Estudos

Interdisciplinares do Século XX, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

 

18h50 – A Cerâmica artística, hoje, em Condeixa-a-Nova, e a última fornada da Cerâmica

Conímbriga, 50 anos depois. Tradição e inovação. Isaura Marques – Ega

 

 

ENCERRAMENTO

 

13ª Sessão – Moderadora: Liliana Pimentel – Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova

 

19h10 – Conclusões e Encerramento com “Amazing Grace”, Espiritual Negro – António

Freire – Gaita de foles – Grupo de Estudo da Gaita de Foles e dos Gaiteiros da Região Centro

 

Secretariado: 916575542; pesmig@sapo.pt. Associação Ecomuseu de Condeixa

 

Organização: Associação Ecomuseu de Condeixa; União das Freguesias de Condeixa-a-Velha e Condeixa-a-Nova; Câmara Municipal de Condeixa Apoios: Pousada de Condeixa – Coimbra; Igreja de Condeixa-a-Velha / Unidade Pastoral de Conímbriga; Junta de Freguesia de Anobra; Junta de Freguesia de Ega; Junta de Freguesia de Furadouro; Junta de Freguesia de Zambujal; União das Freguesias de Sebal e Belide; União das Freguesias de Vila Seca e Bendafé; Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; Comissão das Comemorações dos 500 anos dos Forais de Condeixa, Anobra e Ega 2014- 1514 / 2015-1515; Go Outdoor / Floema, em Alcabideque; Universidade do Porto; Instituto de Arqueologia, Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património e Centro de História da Sociedade e da Cultura – Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra; Departamento de Ciências da Terra – Faculdade de Ciências e Tecnologia – Universidade de Coimbra; Escola Superior Agrária de Coimbra; Instituto de Investigação Científica Tropical; Agrupamento de Escuteiros de Condeixa-a-Nova; Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova